"A Lenda Renasce" em Belmonte

Sob o mote “A Lenda Renasce”, a 14ª edição da Feira Medieval de Belmonte abre hoje portas. Ao longo de quatro dias o evento vai procurar transportar os visitantes ao período da idade média.

Cada dia terá uma temática: hoje “O Testamento, amanhã “Os Desígnios”, no domingo “A Demanda” e na segunda-feira “A Matriarca”. O cartaz do certame volta a contar com rostos belmontenses. Laura Anjos, José Cunha, Diogo Valentim, Tatiana Dias e Verónica González foram os escolhidos, entre muitos, num casting realizado para toda a população com o intuito de escolher os protagonistas deste cartaz.

Na edição deste ano vão marcar presença cerca de 150 expositores e há também um reforço ao nível da componente de animação. Seguindo o rumo traçado em edições anteriores, este ano a figura em destaque será Maria Gil Cabral, filha ilegítima do Bispo da Guarda, e antecessora do navegador Pedro Álvares Cabral.

A componente da animação é reforçada com a presença de 18 grupos. "Os melhores grupos nacionais que participam neste tipo de eventos em Portugal vão estar em Belmonte". O presidente do Conselho de Administração da Empresa Municipal de Belmonte, Joaquim Costa, acrescenta que "esta feira faz parte das cinco melhores a nível nacional".

Ao nível dos espectáculos diários, Joaquim Costa sublinha que há vários motivos de interesse para os quatro dias do certame. No primeiro dia um espectáculo baseado no testamento de Gil Cabral, um espectáculo equestre, o Assalto ao Castelo e no último dia um espectáculo multimédia sobre a herança de Maria Gil Cabral a que se vai seguir um concerto de música medieval. Para além da animação de rua, o programa contempla várias actividades, entre as quais e pela primeira vez, uma ceia medieval.

"Reforçar a divulgação do património cultural e turístico do concelho" continua a ser o grande objectivo. O presidente da Câmara de Belmonte refere que "esta feira já é um marco na nossa região e espera que assim se mantenha tal como o seu crescimento registado ano após ano".

A feira tem este ano um orçamento de 70 mil euros e a organização espera "superar o número de 40 mil visitantes que se registou no ano passado". Tal como nas anteriores edições, serão criados vários parques de estacionamento de onde os visitantes poderão apanhar o autocarro ou o comboio turístico, viajar para a feira e depois regressar à origem.

O Cortejo de abertura da Belmonte Medieval está agendado para as 18 horas desta sexta-feira.

Convento Belmonte

Convento de Belmonte

Radio Caria no Facebook