Movimento solidário cria Centro de Recepção de Bens

Na sequência da catástrofe nacional a que assistimos e à qual ninguém poderá ficar indiferente, ocorreram conversações estreitas, mantidas durante o dia de hoje, entre três entidades instaladas na região, que se uniram e abriram um Centro de Recepção de Bens.

Na medida do possível, este Centro visa ajudar a amenizar os efeitos dos incêndios devastadores que ocorreram ontem e que continuam ao longo do dia de hoje. As instituições são a delegação de Castelo Branco da Associação da Hotelaria Restauração e Similares de Portugal, a delegação de Castelo Branco do Banco Alimentar Contra a Fome e a Associação Empresarial da Beira Baixa.

O espaço para a recepção dos bens, funcionará deste agora e diariamente das 9H00 às 18H00, nas instalações da Associação Empresarial da Beira Baixa. A gestão dos bens recepcionados será efectuada pelo Banco Alimentar, dada a larga experiência nesta matéria.

Numa situação de catástrofe, como a que estamos a viver, todos os bens conseguidos representarão pouco para as necessidades. Ainda assim e para facilitação do armazenamento, sugerimos que as dádivas se centrem à volta de Produtos alimentares não perecíveis; Frutas e legumes sem necessidade de frio imediato; Equipamentos e materiais agrícolas diversos; Vestuário; Lençóis, mantas, toalhas entre outros; Mobiliário; Electrodomésticos; e Materiais de construção diversos, entre outros.

Convento Belmonte

Convento de Belmonte

Radio Caria no Facebook

Radio Caria. Todos os direitos reservados.