Melancia do Ladoeiro avança para certificação DOP

A Melancia do Ladoeiro vai avançar para um processo de qualificação com Denominação de Origem Protegida (DOP), para certificar a sua origem, autenticidade e qualidade.

O anúncio foi feito por Armindo Jacinto, presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, durante o evento “Saberes e Tradições da Beira Baixa”, que decorreu de no passado fim-de-semana no Ladoeiro. "A Melancia do Ladoeiro é hoje uma marca registada pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e agora queremos que seja um produto certificado com DOP", afirmou Armindo Jacinto, explicando que o objectivo é "dar aos produtores e consumidores todas as garantias da origem e características desta melancia", protegendo-a de falsificações.

Denominação de Origem Protegida é a designação regulamentada pela União Europeia para proteger os nomes dos produtos cuja produção, elaboração e transformação ocorrem numa região delimitada, com um saber-fazer devidamente reconhecido e verificado. Armindo Jacinto salienta que a Melancia do Ladoeiro, emblemática da Campina de Idanha, é reconhecida "pela sua qualidade, nível de brix [que mede a doçura da fruta] e dimensão", que resultam das condições excepcionais em que é produzida. Apesar do ano atípico do ponto de vista climatérico, na presente campanha os produtores estão a obter resultados positivos, tendo sido comercializadas dezenas de toneladas de melancia no evento “Saberes e Tradições da Beira Baixa”.

O presidente da Junta de Freguesia do Ladoeiro enalteceu o facto de "toda a melancia comercializada neste festival ser Melancia do Ladoeiro, oriunda da Campina de Idanha". Gonçalo Costa agradeceu a todos os que colaboraram para o sucesso do certame, que recebeu milhares de pessoas durante três dias de muita animação, música, colóquios e workshops, numa organização da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e da Junta de Freguesia do Ladoeiro.

O evento "Saberes e Tradições da Beira Baixa" enquadrou-se ainda no projecto de Animação do PROVERE 2020 Beira Baixa: Terras de Excelência, com o lema Taste and Breath/Prova e Inspira Beira Baixa, e foi co-financiado pelo Centro2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional).

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte