CIM das Beiras e Serra da Estrela tem nova casa

A nova sede da Comunidade Intermunicipal (CIM) das Beiras e Serra da Estrela foi inaugurada nos antigos Paços do Concelho da Guarda. Além da estrutura técnica e de gestão, o edifício situado na Praça Velha vai acolher também o “Solar dos Sabores”, uma zona de exposição e venda de produtos regionais “gourmet” das Beiras e Serra da Estrela.

Carlos Filipe Camelo, presidente da CIM afirmou que com este novo espaço "percorremos mais uma parte desse caminho para que a comunidade cumpra com maior eficácia os objectivos que temos definidos”. O presidente da CIM espera que a partir daqui “continuem a sair projectos que possam trazer mais investimento, gerar emprego e fixar mais pessoas. Precisamos de estar bem preparados perante as responsabilidades que, não tenho dúvidas, vão ser cada vez maiores e que exigem uma estrutura bem musculada e tecnicamente bem preparada”.

Carlos Filipe Camelo reclama um envelope financeiro com outra robustez “as funções destas comunidades já não se esgotam na execução de fundos comunitários. Pede-se que esta estrutura pense cada vez mais a região de forma integrada e que colabore com estratégias que impulsionem o território e rentabilizem todas as suas potencialidades. Não podemos perder uma única oportunidade para ir à procura de dinheiro, inclusive a outros fundos europeus. Sou da opinião que devemos ir mais além do que se encontra contratualizado, até porque existem outros envelopes financeiros mais atractivos e que não devemos descurar”.

Na mesma cerimónia, a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa, disse que o grande desafio da descentralização é capacitar e reforçar as equipas nos territórios "muitas das vezes em vez de estarmos a discutir o dinheiro, os recursos, devíamos estar a discutir o modelo de governação, porque muitas das vezes o modelo de governação leva-nos a desperdiçar recursos. No futuro, o que é importante discutirmos é o que queremos fazer com as verbas e como é que as vamos gerir".

A nova sede da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela teve um custo final de 287 mil euros, comparticipados em 85 por cento pelos fundos comunitários. O presidente da Câmara da Guarda disse que a instalação da CIM das Beiras e Serra da Estrela, na Praça Luís de Camões, no Largo da Sé Catedral, "vai dar mais vida ao centro histórico da cidade”.