Posto da GNR de Caria regressa ao seu funcionamento normal

A garantia deixada ontem pelo Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana numa reunião tida com autarcas do concelho de Belmonte no Largo do Carmo em Lisboa.

A experiência termina amanhã, a partir do mês de Dezembro, o Posto de Caria da Guarda Nacional Republicana volta ao seu horário e funcionamento normal com o respectivo efectivo de militares. A garantia deixada ontem pelo Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana numa reunião que juntou à mesma mesa, no Largo do Carmo em Lisboa, o presidente da Assembleia Municipal de Belmonte, Paulo Borralhinho, o vereador Luís António Almeida, em representação da Câmara Municipal de Belmonte, e o presidente da Junta de Freguesia de Caria, Pedro Torrão.

Esta manhã em declarações à Rádio Caria, o autarca Pedro Torrão referiu que esta é uma boa notícia “tal como nós tínhamos dito no dia 13 de Novembro, quando nos foi comunicado que no dia seguinte o Posto iria passar a funcionar em horário reduzido, que iríamos fazer tudo aquilo que estivesse ao nosso alcance para tentar reverter esta situação e defender aquilo que é o nosso dever, que é defender as populações. Nesse sentido tínhamos solicitado uma série de reuniões, e ontem o senhor Comandante Nacional da GNR recebeu-nos e deu-nos efectivamente uma boa notícia, disse-nos que a partir do dia 01 de Dezembro o Posto da GNR passaria a funcionar de forma normal, conforme esteve a funcionar até ao dia 13 de Novembro”.

Pedro Torrão acrescentou que o Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana ficou sensibilizado com os argumentos apresentados pelos autarcas “nós ficamos com essa ideia de que o senhor General ficou sensibilizado para a questão e percebeu que de facto nós estávamos preocupados com as nossas populações e com a sua segurança, e que efectivamente a existência dos postos transmite esse sentimento de segurança ás populações. Ontem quando conversamos, disse-nos que este teste iria terminar dia 30 e que dia 01 tudo voltaria ao normal. Perante esta afirmação do Comandante Geral acredito que houve certamente conversas entre os responsáveis locais, e que tenham sido até eles a comunicar que o teste teria terminado, e o senhor General comunicou-nos também isto a nós”.

Para o presidente da Junta de Freguesia de Caria, é um dado adquirido, a experiência termina amanhã, a partir do mês de Dezembro, o Posto de Caria da Guarda Nacional Republicana volta a funcionar com toda a normalidade.

O Comandante-Geral da GNR comunicou também que a partir do dia 20 de Dezembro, os postos territoriais serão reforçados com mais efectivos “as orientações que o senhor General deu e aquilo que nos transmitiu foi que todos os militares que saíram para os Grupos de Intervenção Protecção e Socorro seriam recolocados a partir do dia 20 de Dezembro, ou seja no nosso caso, houve um elemento que saiu para os GIPS, esse elemento terá que ser reposto. Solicitamos dentro de aquilo que estaria ao seu alcance que pudesse reforçar um pouco mais o Posto Territorial de Caria e o de Belmonte, fazer um equilíbrio de forças entre os dois postos, equilibrar a balança. Portanto aguardamos se realmente iremos ter algum reforço ou não nessa matéria”.

Independentemente da “boa notícia” transmitida ontem pelo Comandante Geral da Guarda Nacional Republicana, o presidente da Junta de Freguesia de Caria referiu que as duas reuniões marcadas para a próxima quarta-feira em Lisboa com a Secretária de Estado da Administração Interna e com o Secretário de Estado para a Valorização do Interior irão manter-se até porque Pedro Torrão pretende que seja criada uma confiança maior e estabilidade para que esta questão seja de uma vez por todas ultrapassada “no dia 05 de Dezembro iremos expor novamente esta situação, solicitar em termos do Governo que possa haver um reforço aos nível dos militares, e que de alguma forma possam estabelecer aqui uma confiança maior. Já em 2016 quando a senhora Secretária de Estado esteve a visitar o Posto de Caria havia essa possibilidade de ele passar a funcionar em horário reduzido, agora em 2018 novamente, precisamos de alguma estabilidade e é isso que iremos agora também conversar com os responsáveis políticos”.

Na próxima semana, o presidente da Câmara Municipal de Belmonte acompanhado por outros autarcas do concelho reunirá em Lisboa com a Secretária de Estado da Administração Interna e com o Secretário de Estado para a Valorização do Interior, para abordar com o poder politico esta questão do Posto da GNR de Caria.

Recordo-lhe que já esta semana e aproveitando a presença na região do Ministro da Administração Interna, o presidente da Câmara de Belmonte deslocou-se na passada terça-feira a Famalicão da Serra para confrontar Eduardo Cabrita sobre a questão da alteração do funcionamento do Posto da Guarda Nacional Republicana de Caria. António Dias Rocha transmitiu ao membro do Governo o sentimento e a revolta da população e dos autarcas locais.

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte