Jovem de Belmonte integra projecto no tratamento do cancro

A jovem belmontense Bruna Costa é uma das nove mulheres que constituem um moderníssimo grupo de investigação da Fundação Champalimaud que procura diariamente novas terapias no tratamento do cancro.

Licenciada em Bioquímica pela Universidade da Beira Interior e mestre em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de Coimbra (onde recebeu o prémio de melhor aluna), Bruna Costa doutorou-se em Milão (Itália) e em 2017 regressou a Portugal para um projecto de investigação que tem como objectivo encontrar a melhor terapia disponível para cada doente com cancro.

“Usamos avatares de peixe-zebra, onde injectamos células tumorais de um doente específico, e observamos como as células se comportam face a uma terapia A ou B”, explica Bruna Costa, ao Jornal do Fundão.

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte