Equipa de Combate a Incêndios em Belmonte

Os Bombeiros Voluntários do Concelho de Belmonte, contam a partir de hoje, com uma Equipa de Combate a Incêndios (ECIN), integrada no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) 2019.

Esta equipa composta por cinco bombeiros, encontra-se sobre alçada da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil e garante a primeira intervenção em caso de incêndio rural, 24 horas por dia, durante os meses de maior risco de incêndio.

O distrito de Castelo Branco conta com o mesmo Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais de anos anteriores, cerca de 700 operacionais e cinco meios aéreos. Um dispositivo musculado que não tem sido alterado nos últimos anos, mantendo-se a mesma estrutura de resposta, informou Francisco Peraboa, Comandante Distrital da Protecção Civil. Este ano, ao dispositivo juntam-se as centenas de quilómetros de faixas de gestão de combustível que foram abertas em todo o distrito.

No ano passado arderam no distrito de Castelo Branco, 693 hectares de mato e floresta, cerca de metade em incêndios que vieram de outros distritos. Em 2018, registaram-se 424 ocorrências, menos 192 que no ano anterior. Segundo o comandante distrital, o concelho com maior número de ocorrências foi Castelo Branco (111), onde arderam 101 hectares, mas Belmonte foi o concelho com mais área ardida.

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte