Re-food Covilhã retomou actividades

Depois de dez meses de interregno, o núcleo da Re-food Covilhã retomou actividades no passado dia 17, em novas instalações.

Em apenas uma semana a Re-food Covilhã resgatou 465 quilos de comida confeccionada e não vendida em estabelecimentos de restauração e comércio de alimentos. Os excedentes alimentares, em perfeitas condições, traduziram-se em mais de 150 refeições entregues a pessoas que necessitam de ajuda. É este o balanço da primeira semana de actividade nas novas instalações.

Situado na Rua Centro de Artes, o novo Centro de Operações (foto) vai permitir o crescimento sustentável deste movimento nacional de combate ao desperdício alimentar, aumentando o número de parceiros e também de beneficiários. O espaço, cedido pela Câmara Municipal da Covilhã, foi adaptado às necessidades com o recurso a donativos.

“As obras realizadas demoraram mais do que esperávamos e só foram possíveis com o contributo de empresas e privados. Esta mudança significa um importante passo na melhoria de condições de trabalho de cerca de uma centena de voluntários, bem como para receber os beneficiários que ali se deslocam”, explica Márcio Gomes, da equipa de coordenação do Núcleo.

“Apesar de ainda faltarem alguns materiais, nomeadamente para o chão da área de acondicionamento de refeições, temos reunidas as condições para reiniciar a actividade de recolha de comida em cerca de 40 estabelecimentos parceiros”, acrescenta o responsável.

Para já, a distribuição de refeições vai contemplar 27 pessoas de nove agregados familiares com comprovadas carências, mas “o objectivo é crescer e aumentar o número de beneficiários de forma sustentável. Para isso é fundamental o contributo da comunidade, seja através de voluntariado (doando 2 horas por semana) ou através de doações monetárias e de materiais que permitam a manutenção das nossas actividades”, conclui.

De recordar que desde 2015, altura em que foi inaugurado o núcleo da Covilhã, foram resgatadas perto de 70 mil refeições que, sem o trabalho desenvolvido por esta Instituição Privada de Solidariedade Social (IPSS), teriam como destino o lixo.

Em Portugal existem actualmente 52 núcleos Re-food, com mais de sete mil voluntários, tendo sido servidas mais de dois milhões de refeições.

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte