“Acredito que será feita justiça, mesmo que seja a seu tempo”

Luís Correia afirmou na passada sexta-feira, durante a reunião do executivo da Câmara Municipal de Castelo Branco, que vai continuar a exercer o seu cargo de presidente “para o qual fui eleito pelos albicastrenses, a trabalhar com total dedicação e empenho, em prol deste concelho e das suas gentes”.

O autarca enviou às redacções o seu discurso da Reunião de Câmara, reagindo desta forma à sentença do Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco, por acção instaurada pelo Ministério Público, que declarou a perda de mandato.

No texto é explicado que, da sentença consta como factos provados que “não tive qualquer influência ou participação nas propostas de abertura dos procedimentos, na indicação das empresas a convidar, na urgência ou não do procedimento a adoptar ou na selecção dos concorrentes: todas essas propostas foram efectuadas pelos respectivos serviços administrativos”.

Luís Correia afirmou que “tendo não obstante o Tribunal considerado estar-se perante “uma presunção absoluta de parcialidade” não sendo necessário provar que em concreto actuei de forma parcial”. O autarca esclareceu que desconhecia o facto de a Câmara Municipal estar impedida de contratar serviços com a Strualbi, uma vez que o seu pai “tem uma quota de 17%” na empresa, e para o qual “não tinha sido alertado pelos serviços camarários”.

Assim é referido que quer o próprio Luís Correia, quer a sua família vão continuar “de cabeça erguida”, considerando que são “pessoas sérias e íntegras, valores que sempre cultivámos, porquanto tudo o que possuímos foi fruto de trabalho árduo e honesto, prosseguido ao longo de décadas de muito esforço”.

Nesse sentido, Luís Correia revelou que irá manter-se em funções como presidente da Câmara de Castelo Branco, dizendo que vai recorrer da decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco da perda de mandato, com efeito suspensivo. O autarca afirmou que “acredito que será feita justiça, mesmo que seja a seu tempo” e agradeceu as várias manifestações de apoio e solidariedade.

Radio Cario no Facebbok

Convento Belmonte

Convento de Belmonte