Sabugal - Capeia Arraiana é património.

Segundo o Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), a Capeia Arraiana é «uma manifestação tauromáquica específica das comunidades de onze freguesias do concelho do Sabugal, caracterizada pelo facto de a lide do touro bravo ser realizada com o auxílio do forcão, estrutura triangular em madeira suportada pelo grupo de homens que enfrenta as investidas do touro».

Já no primeiro dia do próximo mês de julho, a freguesia de Aldeia da Ponte promoveu a Capeia de S. Pedro, no dia 30, Quadrazais será palco da Capeia Arraiana com Encerro.

A localidade de Lageosa abre, no dia 6 de agosto, a intensa temporada das capeias arraianas no mês de agosto. Rebolosa acolhe a 9 de agosto, o encero e capeia arraiana. As restantes datas são Nave e Aldeia do Bispo (14 de agosto); Aldeia da Ponte (15 de agosto); Vale de Espinho e Ozendo (16 de agosto); Alfaiates (17 de agosto); Forcalhos (21 de agosto); Fóios (22 de agosto) e Aldeia Velha (25 de agosto).

O ponto alto da época acontece a 19 de agosto com o tradicional festival “Ó Forcão Rapazes!”, este ano realizado na praça de Aldeia da Ponte, onde as equipas de nove aldeias rivalizam para conseguir a melhor lide naquele que já é considerado o “campeonato do mundo do forcão”, assim designado por o Sabugal ser o único sítio do planeta onde os touros são corridos desta maneira.

A Capeia Arraiana, que anualmente atrai milhares de pessoas à região transfronteiriça é reconhecida como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal, bem como se encontra registada no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial.

Convento Belmonte

Convento de Belmonte

Radio Caria no Facebook

Radio Caria. Todos os direitos reservados.