18 equipas na Volta a Portugal em Bicicleta

Falta uma semana para o arranque da 79ª Volta a Portugal Santander Totta.

O pelotão com cerca de 140 corredores das 18 equipas será apresentado no dia 03 de Agosto, em Lisboa, numa emissão televisiva realizada a partir da Praça do Império, exactamente na véspera de começar a prova.

Na sexta-feira, 4 de Agosto, a competição que assinala os 90 anos desde que foi realizada a primeira Volta, em 1927, tem início com um Prólogo corrido em sistema de contrarrelógio individual. Em 5,4 km traçados na zona ribeirinha da Capital, vai conhecer-se o primeiro Camisola Amarela Santander Totta da Volta de 2017. A prova estende-se até 15 de Agosto e após 1626,9 km vai coroar, em Viseu, o homem que sucede a Rui Vinhas (foto), o vencedor do ano passado.

As equipas que participarão nesta edição da Volta serão as seguintes:

-W52 – FC Porto

-EFAPEL

-RP – Boavista

-LA Alumínios / Metalusa Blackjack,

-Sporting – Tavira

-Louletano – Hospital de Loulé

-JLT Condor (Inglaterra)

-Israel Cycling Academy (Israel)

-UnieuroTrevigiani – Hemus 1896 (Bulgária)

-H&R Block Pro Cycling Team (Canadá)

-Metec - TKH Continental C.T. (Holanda)

-GM Europa Ovini (Itália)

-Team Vorarlberg (Áustria)

-Euskadi Basque Country - Murias (Espanha)

-Team Dauner D&DQ Akkon (Alemanha)

-Bike AID (Alemanha)

-Kuwait – Cartucho.Es (Kuwait)

-Armée de Terre (França)

Os Números da Volta dos 90 Anos

Noventa anos, os que a Volta a Portugal em Bicicleta agora comemora, fazem-se de muitas histórias. Ao longo dos milhares de quilómetros que, desde 1927, deram a conhecer o país aos próprios portugueses somaram-se episódios que tornaram singular cada edição da Volta a Portugal.

Está edição não é diferente e para além dos protagonistas entram nesta equação os números da 79ª Volta a Portugal Santander Totta: 1626,9 km de percurso; 10 Etapas; dois Contrarrelógios Individuais; 18 Equipas; 27 Metas Volantes; 30 Prémios de Montanha (seis Contagens de 4ª Categoria; 15 Contagens de 3ª Categoria; seis Contagens de 2ª Categoria; duas Contagens de 1ª Categoria; uma Contagem de Categoria Especial), um Dia de Descanso, três Prova de Cicloturismo (11ª Etapa da Volta Via Verde RTP; 4ª Mini Etapa da Volta; Passeio da Volta) e um Concerto (Mikael Carreira), em Fafe, a 10 de Agosto. Há 126.454.50€ para distribuir em Prémios Financeiros directos.

O pelotão internacional vai estar na região no dia 06 de Agosto, para a 2ª etapa, a mais longa da volta, que ligará Reguengos de Monsaraz à cidade de Castelo Branco (214km). No dia seguinte (07 Agosto), a terceira etapa ligará Figueira de Castelo Rodrigo a Bragança (162km).

O pelotão regressa à região no dia 14 de Agosto, para a etapa rainha, a penúltima da volta, de ligação entre a Lousã e a cidade da Guarda (184km). O alto da Torre apenas servirá de ponto de passagem na penúltima etapa, num itinerário em que o grau de dificuldade não andará muito longe daquele que, em 2016, ligou Belmonte à Guarda. A diferença na etapa deste ano é que Belmonte ficou fora da etapa, com partida na Lousã, seguindo-se um percurso bastante sinuoso para, a partir da Torre, seguir por Manteigas, Valhelhas e Famalicão da Serra, em direcção à cidade mais alta.

 

 

Convento Belmonte

Convento de Belmonte

Radio Caria no Facebook

Radio Caria. Todos os direitos reservados.