Centro de Inovação Cultural da Covilhã em 2018

O consórcio constituído pelas empresas “MRG Construction” e “Ramos Catarino SA” ganhou o concurso para a obra de requalificação do Teatro Municipal da Covilhã.

A empreitada orçada em cerca de 4 milhões de euros vai transformar o actual edifício municipal num novo Centro de Inovação Cultural. O início da obra está agora dependente do visto do Tribunal de Contas.

Vítor Pereira, presidente da Câmara da Covilhã, espera que essa aprovação possa chegar ainda antes do final do ano, para que a obra esteja concluída antes do final de 2018 "o meu desejo é que o visto do Tribunal de Contas possa chegar ainda antes do final do ano. A nossa vontade é que a obra possa começar o mais rapidamente possível, uma vez que se trata de um equipamento que faz falta à Covilhã. Quanto mais depressa ele estiver concluído, melhor para todos nós”.

Para além da adjudicação da obra, a autarquia aprovou ainda por unanimidade, um empréstimo bancário no valor de 736 mil euros, destinado a assegurar a componente nacional da obra, sendo o restante assegurado por fundos comunitários.

A obra de reabilitação do Teatro Municipal visa dotar a cidade de uma moderna infraestrutura, inteiramente dedicada às várias manifestações artísticas. O futuro Centro de Inovação Cultural da Covilhã servirá como sala de espectáculos, centro de exposições, espaços de trabalho para projectos ligados às indústrias criativas e culturais “o novo Teatro será um espaço potenciador da massa criativa da cidade e afirmará a Covilhã como o principal Centro de Produção cultural no interior do país” disse Vítor Pereira.

Convento Belmonte

Convento de Belmonte

Radio Caria no Facebook