Belmonte e Ponta Delgada assinam protocolo.

No decorrer da cerimónia de abertura da 31ª edição do Colóquio da Lusofonia, eis que Belmonte e Ponta Delgada assinaram um protocolo de colaboração e promoção, neste caso no âmbito da religião judaica.

Com a presença de vestígios do judaísmo em São Miguel – Açores, eis que as duas autarquias assinaram na passada sexta feira este protocolo, e onde António Dias Rocha lançou o desafio de ser levada a cabo uma Geminação entre os dois municípios, Belmonte e Ponta Delgada.

O Presidente da Câmara de Belmonte, que ao mesmo tempo lidera os destinos da Rede de Judiarias de Portugal, aproveitou o momento para convidar a autarquia de Ponta Delgada para fazer parte desta rede que gere a história e os feitos da Comunidade Judaica a nível nacional.

Desafios lançados publicamente, e foi na sessão de abertura do Colóquio da Lusofonia, que José Manuel Bolieiro, o autarca açoreano, aceitou o desafio da autarquia belmontense, em assinar o protocolo de geminação entre os dois povos e conversar sobre a proposta do Presidente da Rede de Judiarias.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, deixou claro o interesse em levar por diante as propostas do autarca de Belmonte.

Momentos que marcaram a sessão de abertura da 31ª edição do Colóquio da Lusofonia, realizado este fim de semana em Belmonte.